API: Por que escolher plataformas com código aberto?

Por

·

·

·

5 min. de leitura

Descubra todas as vantagens dos softwares com API aberta e quais as principais formas de uso dessa tecnologia.

API Por que escolher plataformas com código aberto (1)

A API é um conjunto de regras e funções criadas para facilitar a integração de 2 ou mais sistemas, softwares ou aplicações.

Apesar de ter se tornado mais conhecida no final dos anos 90 e começo dos anos 2000, o termo apareceu pela primeira vez em 1968, quando Ira W. Cotton publicou um artigo chamado “Estruturas e técnicas de dados para computação remota”.

Já nos anos 2000, grandes empresas como Salesforce, Amazon, eBay e Google enxergaram que poderiam ampliar a sua capacidade de geração de negócios e passaram a disponibilizar as suas APIs na web.

Após essa liberação, outras empresas perceberam que também poderiam potencializar seus negócios através dessa tecnologia e hoje, milhares de empresas já utilizam esse formato de modelo de negócios.

A API se tornou tão importante para alguns negócios, que resolvemos criar este conteúdo e explicar como ela funciona, como usá-la e quais as vantagens para a sua empresa.

O que é uma API?

A sigla API refere-se à “Application Programming Interface” em inglês, que traduzido para o português seria “Interface de Programação de Aplicações”.

De modo geral, quando uma empresa desenvolve um software e precisa fazer integração com outro software seja para combinar aplicações ou compartilhar informações, utilizam as APIs para fazer os 2 sistemas conversarem.

Muitas vezes, não é necessário desenvolver um sistema gigante, que contemple todas as funcionalidades necessárias, pois podem existir outras ferramentas no mercado que completam as funcionalidades faltantes.

Vamos a um exemplo prático: 

Uma loja de sapatos online utiliza os Correios como empresa oficial para fazer as entregas. Quando alguém faz um pedido pelo site, já consegue visualizar quanto sairá o frete e o prazo de entrega. Isso porque o site da loja de sapatos tem uma integração com o site dos Correios.

No caso, a loja de sapatos não precisou desenvolver um módulo que calcula o frete e o prazo, mas precisou apenas da API dos Correios integrada a sua loja para fazer esse cálculo.

Dessa forma, no mercado existem diversas ferramentas que conectadas podem entregar muito valor para os clientes.

Veja mais detalhes nesse conteúdo “O que é API?“.

Tipos de API

As APIs podem ser utilizadas para diversas finalidades:

  • Compartilhamento de informações
  • GPS ou Localização
  • Fazer login em um sistema utilizando redes sociais
  • Integrar um sistema a um canal de comunicação como WhatsApp
  • Facilitar o pagamento em sites de compra

Mas apesar de facilitar diversos obstáculos no desenvolvimento de softwares, muitas empresas preferem não compartilhar a API de modo aberto, ou seja, preferem compartilhar com apenas algumas empresas ou parceiros. Assim, existem alguns tipos de API no mercado:

API Privada

A API privada geralmente é utilizada internamente para conectar um sistema ao outro. Por exemplo: conectar um sistema financeiro com o sistema do time comercial.

API para Parceiros

Nesse caso, a API só é disponibilizada para alguns parceiros que fazem parte da organização. Por exemplo: um caso muito comum é o de marketing de afiliados, onde os parceiros conseguem utilizar um site integrado ao sistema da empresa para divulgar os seus produtos e serviços. Muitas vezes, o recurso pode ser pago.

API Pública

A API pública ou aberta é a que todos podem ter acesso através de uma documentação. Dessa forma, qualquer pessoa ou empresa tem acesso. Geralmente, o serviço é gratuito.

Exemplos de APIs mais utilizadas no mercado

Para facilitar a compreensão de como as APIs podem ser utilizadas, citaremos alguns casos de uso bem comuns:

API WhatsApp

Você sabia que o WhatsApp possui uma API? Pois é! Muitas pessoas não sabem, mas a API do WhatsApp tem facilitado o dia a dia de muitas pessoas e empresas.

Apesar de lançada em 2019, diversas empresas já estão utilizando essa API. Por isso, você já deve ter conversado com um bot no WhatsApp, certo?

Pois bem, no caso, os bots no WhatsApp só são possíveis, pois a API do WhatsApp permite a integração com plataformas de criação e gestão de chatbots.

Além disso, também é possível integrar com sistemas que possuem informações do usuário. Então, hoje já é possível solicitar a 2ª via de uma conta diretamente pelo WhatsApp em uma conversa com um bot.

Isso facilita a vida das pessoas que podem conversar 24 horas por dia com os bots e ajudou diversas empresas a desafogar a demanda de atendimentos na central de relacionamento.

API Google Maps

A API do Google Maps está no TOP 3 entre as APIs mais utilizadas no Brasil. Venhamos e convenhamos que essa API facilitou muito o nosso dia a dia e vamos explicar contando alguns exemplos.

Você já percebeu que o celular consegue puxar exatamente a localização em que você está e te mostrar quantos graus está fazendo naquela região? O Google Maps ajuda a identificar o local e a integração com uma API de previsão do tempo mostra a outra informação.

Sabe quando você precisa preencher um formulário em um site e somente com o CEP já preenche automaticamente as informações da rua, bairro, cidade e estado? Isso é feito através da integração com o Google Maps.

Por fim, apesar de parecer óbvio, chegar no local desejado através do GPS é o exemplo mais comum, mas não só isso. O Google Maps consegue informar todos os endereços de determinada empresa e mostrar o caminho mais fácil de chegar até lá.

Login Social

Você já se deparou com um formulário gigante em um site e sentiu preguiça de preencher? Baseado nesse comportamento, as empresas criaram o login social, que é o login utilizando informações já preenchidas em redes sociais.

Dessa forma, basta apenas fazer o login com a sua rede social, que o próprio site já captura as informações e preenche grande parte dos campos dos formulários.

Essa técnica é utilizada por diversas empresas para facilitar o preenchimento de formulários e só é possível através da integração da API das redes sociais.

Instagram + Spotify

Quem nunca postou uma foto no stories do Instagram e colocou uma música de fundo para legendar aquela imagem?

Dentro do aplicativo do Spotify é possível compartilhar no Instagram com um clique a música que você está ouvindo ou dentro da edição da publicação dos stories é possível selecionar uma música diretamente do Spotify.

O Instagram fez uma parceria com o Spotify para possibilitar a publicação de músicas em sua rede social. Todo o desenvolvimento foi feito através de API.

Quais as vantagens de escolher ferramentas com integração via API?

Uma das principais vantagens da criação de uma API para o seu software e da utilização da API de outros softwares é a capacidade de trazer funcionalidades novas de forma rápida para o seu sistema. Isso facilita a criação de novas features e a geração de valor para os seus clientes.

Algumas empresas vendem a sua API para outras empresas como uma solução que irá gerar grande valor. Dessa forma, a empresa cria um modelo de negócios que gera vantagens para a sua empresa e consegue lucrar através da sua solução.

O aumento de produtividade também é uma das vantagens da utilização de APIs, já que integrar 2 ou mais sistemas podem otimizar processos e facilitar o trabalho manual dos colaboradores.

As APIs são os meios mais seguros de integração entre sistemas, o que garante uma confiabilidade por parte das 2 empresas.

Por fim, já deu para perceber que a API possui diversas vantagens e que escolher ferramentas sem código aberto pode ser desafiador. Por isso, procure por softwares que possibilitem aproveitar todas as vantagens que uma API possui.

Ficou interessado pelo nosso conteúdo? Então, se cadastre em nossa newsletter para não perder nenhuma novidade.

O conteúdo oferecido faz parte da CosmoBots. Para saber mais sobre nós, acesse https://cosmobots.io/.

Siga a gente nas redes sociais: Instagram, LinkedIn e Facebook

Confira nossos e-books

Não perca nenhuma novidade do Blog da CosmoBots!

Veja também
Menu