Copywriting para chatbot: escrevendo conversas que convertem

Por

·

·

·

5 min. de leitura

Você sabe escrever textos persuasivos e que guiam o usuário a tomar melhores decisões? Saiba mais sobre essa estratégia e entenda o que é copywriting para chatbot.

Copywriting para chatbot é a estratégia ideal para otimizar, refinar e aprimorar a performance do seu bot de modo que ele consiga converter mais.

Criar um roteiro conversacional para um chatbot é tão importante quanto a parte da programação envolvida. 

Afinal de contas, qual é o sentido de ter um chatbot super sofisticado e tecnológico se ele não consegue engajar o usuário em uma conversa?

Ou seja, criar um chatbot vai muito além da programação que faz ele funcionar, principalmente quando falamos de chatbots com foco em marketing e vendas.

Devemos lembrar que o objetivo principal de um chatbot é de interagir com humanos, imitando uma conversa da forma mais natural possível. Por isso, um roteiro bem escrito é extremamente importante.

Muitas empresas já estão percebendo que os chatbots são o futuro da comunicação empresarial, porém, ainda falta entender que para que um chatbot seja efetivo, é preciso focar em técnicas de escrita, como é o caso do copywriting.

O que é copywriting?

Em resumo, copywriting é uma estratégia que tem como objetivo escrever textos persuasivos que levam o leitor a tomar ações imediatas.

Com essa breve explicação já podemos supor que é uma estratégia muito utilizada em áreas como Marketing e Vendas, neste caso o foco é gerar conversões e vendas por meio do uso estratégico das palavras.

De modo geral, o copywriting utiliza de diversas metodologias de atração para convencer o usuário a praticar aquela ação, como por exemplo Call to actions, gatilhos mentais, técnicas de empatia, legibilidade entre outras.

Persuasão vs Manipulação

Antes de mais nada, seria interessante fazer um rápido disclaimer sobre a escrita persuasiva. 

Muitas vezes a persuasão é vista de forma negativa, pois ela é muito confundida com a manipulação.

A persuasão é o ato de convencer alguém de forma argumentativa, utilizando de gatilhos mentais como a coerência, comunicação afetiva, empatia, reciprocidade, autoridade e afeto.

O que é copywriting para chatbot?

Copywriting para chatbot é uma forma de escrita focada no desenvolvimento de modelos conversacionais persuasivos que tornam a conversa do bot mais efetiva e envolvente.

Quando escrevemos para chatbots, devemos levar em consideração a melhor maneira de levar o usuário para ele atingir o objetivo que deseja. 

Consequentemente, essa otimização da comunicação melhora a experiência do cliente como um todo.

Quem deve escrever o roteiro do chatbot?

Por mais que um programador seja uma peça chave em um projeto de construção de chatbots, isso não significa que ele é a melhor opção para escrever o roteiro conversacional.

Chatbots precisam se comunicar de forma efetiva com seus usuários e, atualmente, os melhores profissionais para escrever esses fluxos conversacionais são os Designers UX, Designers Conversacionais, Linguistas e, claro, os Copywriters.

Estratégias de Copywriting para chatbots

Confira algumas estratégias e dicas de copywriting para você aplicar na construção do seu chatbot.

Crie uma persona para o seu chatbot

Criar uma persona para o seu bot faz com que os usuários se envolvam mais durante todo o diálogo.

Alinhar o conteúdo do seu chatbot com o tom que você quer passar através da sua marca faz toda a diferença.

Por exemplo, sua marca tem um propósito de ter uma comunicação mais positiva e descontraída? Transfira isso para o chatbot. 

Não deixe de utilizar gírias, emojis e até algumas piadas quando necessário, mas faça isso da forma mais objetiva possível.

Além disso, ao definir uma persona para o chatbot, a empresa reforça suas crenças e valores através dessa personalidade.

Atualmente temos vários casos de uso de personalidades de chatbots que acabaram virando a cara da empresa, como a Lu da Magazine Luiza e a Bia do Bradesco.

Quer entender melhor o que são personas e como criar uma para o bot da sua empresa? Acesse o conteúdo Persona: o que é e como criar uma para o seu bot

Construa o fluxo conversacional a partir dos objetivos dos usuários

O seu fluxo conversacional deve estar alinhado com os objetivos que o usuário busca alcançar ao entrar em contato com o chatbot.

Sabemos que o comportamento humano é imprevisível, por isso, os usuários não terão sempre a mesma intenção ao se comunicar com alguma empresa.

Nesse sentido, estruturar um fluxograma conversacional que contenha caminhos para cada objetivo é muito importante.

Para executar essa estratégia você deve primeiramente identificar quais são as dores que os seus consumidores buscam resolver ao entrar em contato com a sua empresa.

O usuário, por exemplo, deseja realizar um pagamento? Extrair uma segunda via do boleto? Agendar um horário com um consultor?

Categorize essas dores e, a partir disso, comece a construir o fluxograma conversacional. 

Se necessário, crie subcategorias com perguntas relacionadas com as categorias principais. 

Por fim, identifique onde existem as melhores conexões entre as categorias. Veja um exemplo de fluxograma a seguir:

Exemplo de fluxograma conversacional
Exemplo de fluxograma conversacional

Use call to action para converter mais!

Call to action ou CTA é uma das ferramentas de conversão mais utilizadas no mundo do Marketing Digital e ela não deve faltar no copy do seu chatbot.

Como o próprio nome diz, é uma chamada para a ação, ou seja, é um recurso muito eficiente e usado para instruir o seu usuário para as próximas etapas do funil de marketing.

Além disso, a call to action motiva o usuário a seguir um caminho que você quer que eles façam.

Geralmente as CTAs são representadas por meio de frases, hyperlinks ou botões, e isso vale quando utilizadas no chatbots também.

Você pode utilizar as chamadas para vários propósitos, algumas possíveis utilizações dentro do seu chatbot são:

  • Pedir para o usuário baixar um conteúdo;
  • Guiar o usuário por etapas de formulário de conversão dentro do bot;
  • Botões de saber mais para ensinar o lead sobre algum assunto;
  • Botões de compartilhamento de conteúdo;
  • Chamada para o lead agendar um horário com um consultor;
  • Guiar o usuário para uma página de planos da sua empresa;
  • Chamada para acessar um conteúdo;
  • Guiar o usuário para outra categoria do chatbot.

Por fim, se você acha que o seu chatbot não está convertendo como deveria, reavalie se ele possui CTAs o suficiente. 

Além de potencializar as conversões, as chamadas ajudam o usuário a percorrer o fluxo conversacional do seu chatbot, aumentando também o engajamento de forma geral.

E-book

Baixe agora!
Manual do Chatbot: dicas para implementar na sua empresa

Não esqueça da curadoria!

Por mais que você tenha estudado o seu usuário, definido as melhores call to actions, redigido as melhores mensagens, as melhores copys e criado um fluxo conversacional perfeito, podemos afirmar com certeza que o seu chatbot ainda não estará 100% otimizado para os usuários.

Isso porque ainda falta fazer uma das etapas mais importantes de todo o processo de desenvolvimento do seu chatbot. Falta fazer a curadoria de conteúdos.

De forma resumida, só conseguiremos identificar como realmente o usuário quer se comunicar com o chatbot após ocorrer as primeiras interações.

É nessa etapa que vamos analisar a performance do chatbot e definir quais pontos devem ser melhorados no roteiro conversacional.

Com essa análise, é possível também identificar quais são as solicitações mais recorrentes feitas pelos usuários e que ainda não fazem parte do fluxo conversacional.

Quer conhecer mais técnicas e estratégias de escrita para chatbots? Então não deixe de acessar o artigo: Dicas práticas de conteúdo para Chatbots

Ficou interessado pelo nosso conteúdo? Então, se cadastre em nossa newsletter para não perder nenhuma novidade.

O conteúdo oferecido faz parte da CosmoBots. Para saber mais sobre nós, acesse https://cosmobots.io/.

Siga a gente nas redes sociais: Instagram, LinkedIn e Facebook

Confira nossos e-books

Não perca nenhuma novidade do Blog da CosmoBots!

Veja também
Menu