Inteligência Artificial: o que é e como funciona?

Por

·

·

·

5 min. de leitura

Inteligência Artificial é a ciência capaz de fazer com que máquinas e computadores simulem a inteligência humana, mas o que isso significa? Confira!

Inteligência Artificial: o que é e como funciona?

Entender o que é Inteligência Artificial (IA) é essencial para aqueles negócios que buscam criar bots para os seus processos.

Em resumo, Inteligência Artificial é a tecnologia capaz de simular a inteligência humana através de máquinas e computadores.

Para isso, são utilizados diversos processos tecnológicos como o reconhecimento de fala, NLP (Processamento de Linguagem Natural), Machine Learning, Deep Learning etc.

De acordo com um estudo realizado pela IDC, é previsto que o mercado de IA, incluindo software, hardware e serviços, ultrapasse a marca de US $500 bilhões em 2024. 

Além disso, o crescimento estimado é de quase 45% para plataformas de Inteligência Artificial. 

Confira o gráfico de crescimento:

Previsão de crescimento mundial de softwares IA de 2020 a 2024.  Reprodução: IDC
Previsão de crescimento mundial de softwares IA de 2020 a 2024.  Reprodução: IDC

Atualmente, diversas empresas já estão adotando a IA, principalmente para automatizar processos repetitivos e detalhados, uma vez que a tecnologia realiza esses trabalhos de forma rápida e com poucos erros.

A IA só tende a evoluir nos próximos anos. Quer saber mais como funciona essa tecnologia? Acompanhe o artigo!

Breve história da Inteligência Artificial

Já na primeira metade do século 20 a ficção científica falava sobre a Inteligência Artificial. Filmes, livros, teatros e novelas da época já descreviam sobre robôs, máquinas e computadores capazes de pensar como humanos.

Desde os avanços conquistados pelas revoluções industriais e a criação dos primeiros computadores, os humanos pensavam em formas de fazer com que as máquinas agissem que nem eles.

Em 1943, especificamente durante a segunda guerra mundial, Warren McCulloch e Walter Pitts já apresentavam estudos que falavam sobre redes neurais artificiais.

Mas foi por volta da década de 1950, logo após a guerra, que surgiram uma geração inteira de filósofos, matemáticos e cientistas com concepções sobre a Inteligência Artificial.

Em específico, Alan Turing, um jovem polímata britânico que explorou as possibilidades matemáticas da Inteligência Artificial e criou o famoso Teste de Turing.

Em resumo, o Teste de Turing é uma forma de avaliar se uma máquina consegue se passar por um humano em uma conversa por escrito.

Além disso, em seu artigo “Computing Machinery and Intelligence”, Turing criou uma estrutura lógica sugerindo que, assim como os humanos, as máquinas também podem resolver problemas e tomar decisões por meio de informações disponíveis e utilizando da razão.

Quer saber mais sobre essa história? Indicamos o filme Jogo da Imitação, que retrata a vida do pesquisador.

Esses primeiros trabalhos, assim como o de outros pesquisadores, abriram caminho para a automação e raciocínio que podemos ver nas máquinas hoje em dia.

O que é Inteligência Artificial?

De modo geral, Inteligência Artificial (IA) se refere à capacidade de máquinas e computadores simularem a inteligência humana.

Além disso, o termo também pode ser aplicado quando falamos de máquinas que tenham características associadas à mente humana, assim como a possibilidade de resolver problemas de forma autônoma e de aprendizado.

A primeira vista, podemos ver a Inteligência Artificial como um ramo da ciência computacional que abriga diversos subconjuntos de tecnologias e áreas de pesquisa, como a NLP, Machine Learning, Deep Learning, redes neurais e linguística conversacional.

Como funciona a Inteligência Artificial?

De forma geral, a Inteligência Artificial funciona por meio da combinação de grandes quantidades de dados com um processamento rápido.

Dessa forma, a tecnologia é capaz de ler esses dados e aprender através de padrões.

A programação de uma Inteligência Artificial envolve 3 habilidades cognitivas:

Aprendizagem da Inteligência Artificial

Essa habilidade foca em adquirir dados e criar um conjunto de regras para transformá-los em informações acionáveis. 

Enfim, essas regras na verdade são algoritmos que fornecem para as máquinas instruções de como concluir uma tarefa em específico. 

Raciocínio

Essa habilidade concentra-se na escolha do algoritmo certo para alcançar o resultado desejado.

Autocorreção

Essa habilidade é projetada para ajustar de forma contínua as regras e os algoritmos para garantir que eles forneçam os resultados mais precisos possíveis.

Muito parecido com o processo de curadoria de bots que falamos em outro artigo aqui do Blog da CosmoBots.

Tecnologias que compõem a Inteligência Artificial

Como falado anteriormente, existem diversos subconjuntos de tecnologias que fazem com que a Inteligência Artificial funcione de forma completa e contribuem para a sua evolução. Alguma delas são:

Redes Neurais

Utilizando os mesmos princípios das células neurais humanas, as Redes Neurais são unidades interconectadas que fornecem às máquinas a capacidade de aprendizado por meio do processamento de informações e dados coletados.

Machine Learning

Em síntese, é uma tecnologia que, através de redes neurais artificiais e estatísticas, ensina uma máquina ou computador com base em experiências anteriores.

A princípio, a teoria diz que um sistema tecnológico pode aprender identificando padrões de dados e criando insights para chegar a uma possível conclusão. 

Isso tudo de forma autônoma ou com pouca interferência humana.

NLP ou Processamento de Linguagem Natural

É o campo da Inteligência Artificial que tem como objetivo dar para as máquinas a capacidade de entender, interpretar e responder a linguagem natural.

Neste caso, a linguagem natural nada mais é do que aquela usada por nós seres humanos.

Escrevemos um artigo com tudo o que você precisa saber sobre a NLP e qual é a sua importância para a evolução da IA.

Deep Learning

De forma geral, é um tipo específico e mais avançado de Machine Learning que utiliza o poder da computação para aprender padrões intrínsecos a partir de uma grande quantidade de dados.

O Deep Learning é uma das áreas responsáveis por fazer com que máquinas entendam a fala e o reconhecimento de imagens.

Quais são as vantagens da Inteligência Artificial?

Não há dúvidas que a Inteligência Artificial tornou a nossa vida melhor.

Utilizamos a tecnologia para quase tudo atualmente, desde recomendações de músicas até prevenção de fraudes bancárias.

A Inteligência Artificial nos permitiu ter acesso a informações de forma muito mais rápida e detalhada, nos ajudando na tomada de decisões e até mesmo na nossa comunicação.

Listamos algumas vantagens:

  • Oferece resultados consistentes;
  • Realiza tarefas repetitivas
  • Reduz o tempo de tarefas onde é necessário utilizar dados pesados
  • Melhora e automatiza o atendimento ao cliente
  • Automatiza processos das áreas de uma empresa
  • Funciona 24 horas por dia nos 7 dias da semana
  • Pode ser utilizada em diversas aplicações
  • Melhora a segurança digital
  • Facilita a tomada de decisões

Inteligência Artificial em Chatbots

A integração entre Inteligência Artificial e Chatbots é muito conhecida. Talvez seja uma das aplicações mais conhecidas dessa tecnologia.

Graças à IA, os chatbots já são capazes de simular conversas humanas completas e de forma completamente natural.

Essas duas tecnologias são utilizadas em conjunto para melhorar os processos de atendimento ao cliente de empresas. Sendo usados em áreas como Marketing, SAC, Ouvidoria e Vendas.

Por sorte, hoje em dia já temos plataformas de criação e gestão de chatbots que integram com sistemas de Inteligência Artificial. Além disso, algumas delas até disponibilizam um sistema próprio de IA.

É o caso da plataforma da CosmoBots, que desenvolveu um sistema próprio de gerenciamento de NLP.

Na CosmoBots você tem o necessário para construir um chatbot inteligente de forma fácil e intuitiva, sem precisar integrar com ferramentas terceiras para ter uma experiência completa de Inteligência Artificial.

Fale agora com um consultor e conheça todos os serviços da CosmoBots para transformar a comunicação da sua empresa!

Ficou interessado pelo nosso conteúdo? Se cadastre em nossa newsletter para não perder nenhuma novidade.

Siga a gente nas redes sociais: Instagram, LinkedIn e Facebook

Confira nossos e-books

Não perca nenhuma novidade do Blog da CosmoBots!

Veja também
Menu